Minas On-line
Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais - SETUR

cabecalho-pronto.jpg Dúvidas Frequentes Links Mapa do Site Fale Conosco Ajuda Secretaria de Turismo do Estado de Minas Gerais

Conceição do Mato Dentro

PDFImprimirE-mail

Conheça outros destinos de Minas Gerais

BREVE HISTÓRICO:

Em janeiro de 1701, um grupo de bandeirantes, partindo de Sabará sob a chefia do Coronel Antônio Soares Ferreira, atingiu, ao fim da jornada, a região conhecida como Ivituruí ou Serro Frio. Dentre esses sertanistas, Gaspar Soares, Manoel Corrêa de Paiva e Gabriel Ponce de Leon seguiram em frente, rumo ao sul.

Em 1702, o sertanista Gabriel Ponce de Leon, ao se deparar com a riqueza da região, ergueu uma pequena capela em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, iniciando o processo de povoamento em função da descoberta de ouro nas margens do Ribeirão Santo Antônio e seus afluentes. Durante todo o século XVIII, o arraial teve sua economia voltada para a mineração. Após o término das lavras, o local passou a viver da agricultura de subsistência e da pecuária extensiva.

John Pohl, quando passou pelo local no século XIX, deixou o seguinte relato em seu livro Viagem pelo Interior do Brasil: “este arraial, que está entre as maiores povoações da Capitania, distingue-se dos demais pela sua situação bela e salubre... A outrora abundante produção de ouro deu lugar à fundação deste, cujos grandes edifícios dão testemunho suficiente da antiga abastança dos habitantes. Mas, observa-se, com clareza, a decadência de hoje... O número de edifícios pode elevar-se a 200. Muitos deles assobradados. As igrejas, em número de 4, são todas bem edificadas. Os habitantes que, antes, viviam da extração do ouro, vivem, hoje, geralmente, de suas plantações.”

No dia 23 de março de 1850, o arraial foi elevado à vila com a denominação de Conceição. A elevação à cidade aconteceu em outubro de 1851, desta vez, com a denominação Conceição do Serro. Pelo decreto-lei nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, a cidade passou a se chamar Conceição do Mato Dentro. 

Conceição do Mato Dentro possui paisagens diversificadas que variam de serras a vales fluviais pouco ondulados. A Serra do Cipó domina o panorama natural a oeste. Situa-se numa região divisora das bacias do Rio São Francisco e do Rio Doce, apontada como área de extrema importância biológica. Buscando garantir a integridade destes importantes ecossistemas, a Prefeitura instituiu a criação do Parque Municipal Ribeirão do Campo, o maior parque municipal do Estado, com uma área de 3.150 ha, e da Área de Proteção Ambiental Serra do Intendente, conservando raros ecossistemas que compõem a Cadeia do Espinhaço.

Somando à beleza paisagística da região, estão várias quedas, piscinas e poços naturais de águas cristalinas, provenientes de inúmeras nascentes. O destaque fica para a Cachoeira do Tabuleiro, a mais alta do Estado e a segunda mais alta do Brasil, com 273 m de queda livre.

No contexto cultural, Conceição do Mato Dentro tem um patrimônio histórico formado por igrejas, capelas, chafarizes e outras edificações de interesse datadas do século XVIII. A religiosidade é uma característica marcante. Centenas e centenas de romeiros chegam a Conceição do Mato Dentro para uma das mais tradicionais festas religiosas de Minas Gerais, o Jubileu de Bom Jesus de Matosinhos, que é realizado entre 13 a 24 de junho. Na culinária típica, destaca-se uma gostosa tradição da cidade, o pastel de angu, facilmente encontrado nos bares e restaurantes. 

“Conceição do Mato Dentro é uma síntese do que há de mais genuíno no coração de Minas Gerais. Como é bom chegar a Conceição!” (Ângelo Oswaldo).

Fonte: Portal descubraminas.

 

ATRATIVOS NATURAIS:

 

Mirante da Torre: 12km


Cachoeira do Ribeirão: 273m de queda livre – distrito de Tabuleiro 9km

Cachoeira do Tabuleiro

Cachoeira do Tabuleiro: É a cachoeira mais alta de Minas Gerais e a segunda maior do Brasil. São 273 metros de queda livre formada a partir de um paredão de beleza monumental. Na parte alta da cachoeira existem outras quedas e lagos e, na parte de baixo, existe um grande poço ladeado por imensos blocos de pedra. A Cachoeira está situada no coração do Parque Municipal Ribeirão do Campo.
Como Chegar: A Cachoeira está situada no distrito de Tabuleiro, distante 19km da cidade. A partir do povoado, é preciso caminhar aproximadamente 1h30m para chegar à Cachoeira. Estrada do Itacolomi.

Cachoeira de Três Barras: A Cachoeira de Três Barras tem aproximadamente 150 metros de queda, dividida em três saltos. Na parte alta da cachoeira, existem outras quedas de grande beleza, além de outros poços e lagos. Na parte de baixo, existe um grande poço de beleza singular. A Cachoeira está situada na Área de Proteção Ambiental Municipal da Serra do Intendente.
Como Chegar: São aproximadamente 24km da cidade, em direção ao distrito de Itacolomi/Região do Peixe Tolo. A partir daí, caminha-se aproximadamente 1 hora por trilha moderada.

Cachoeira Rabo de Cavalo: A Cachoeira Rabo de Cavalo tem aproximadamente 150 metros de queda, dividida em três saltos. Na parte alta da cachoeira, existem outras quedas de grande beleza, além de outros poços e lagos. Na parte de baixo, existe um grande poço de beleza singular. A Cachoeira está situada na Área de Proteção Ambiental Municipal da Serra do Intendente.
Como Chegar: São aproximadamente 24km da cidade, em direção ao distrito de Itacolomi/Região do Peixe Tolo. A partir daí, caminha-se aproximadamente 40 minutos até a cachoeira.

Cachoeira Poço Pari: Poço Pari é uma piscina natural de aproximadamente 200 m², com águas cor de coca-cola. No entorno do poço, existe uma mata ciliar e uma prainha de pedras brancas que contrastam com a cor da água. Rio acima existe outros poços muito agradáveis.
Como Chegar: O poço está localizado no distrito de Tabuleiro, distante 19km da cidade. A partir daí, é necessária uma caminhada de 15 minutos até o poço.


Cachoeira da Curnicha: distrito de Tabuleiro – 19km. Locais para banho, 1 hora de caminhada.

Cachoeira do Peixe Tolo: Poço para Banho, 2h30 de caminhada por trilha difícil. Recomendável acompanhamento de um guia. Estrada para Itacohomi

Cachoeira São Miguel: A cachoeira apresenta piscina natural e pinturas rupestres, é um ótimo local para relaxamento, cercado de muito verde com várias plantas nativas e pássaros locais. Como chegar: distrito de Três Barras – 17km.

Cachoeira do Cubas: distrito de Três Barras – 17km

Cachoeira Usina Velha: distrito Três Barras – 17km

 

PERÍMETRO URBANO:

Piscina do ginásio
Pocinho Azul:
O Pocinho Azul recebe este nome pela transparência azulada de sua água. Ladeada por pequenos blocos rochosos e campos rupestres, o Pocinho Azul é formado pelo riacho que nasce próximo à Colina da Paz, formando uma pequena piscina. Abaixo do poço, há quedas naturais, propícias a banhos e duchas durante todo o ano.
Como Chegar: São 3km saindo pelo bairro Bandeirinhas.

 

 

ATRATIVOS HISTÓRICOS / CULTURAIS:

Santuario de Matuzinhos

Santuário do Bom Jesus do Matozinhos: A igreja de 1715 foi reconstruída, mas os altares são originais

Matriz de Nossa Senhora da Conceição: Rua Daniel de Carvalho

Capela Santana: Pça. da Santana

Capela Nossa Senhora do Rosário: Pça. Jorge Miguel Safe

Sobrado da Prefeitura e Câmara Municipal: Rua Daniel de Carvalho, 161

Antiga Casa de Câmara e Cadeia: Rua Daniel de Carvalho, 379

Colégio São Joaquim

Chafariz da Praça Dom Joaquim

Matriz de Nossa Senhora da Aparecida: Distrito de Córregos

Capela de Nossa Senhora dos passos: Distrito de Córregos

Igreja de Santo Antônio: Distrito de Santo Antônio do Norte

Capela de Sant’Ana: Distrito de Santo Antônio do Norte

Igreja de São Francisco de Assis: Distrito da Costa Sena

 

 

EVENTOS:

Festa de Nossa Senhora do Rosário: 01 de janeiro

Festa de São Sebastião: 20 de janeiro

Carnaval: Fevereiro

Semana Santa: Abril

Semana Ecológica: Abril

Festa do Divino: Junho

Jubileu Senhor Bom Jesus de Matozinhos: 14 a 24 junho

Festa do Peão Boiadeiro: junho

Festa de Nossa Senhora de Santana, São Benedito e Santa Rita: 25 a 27 julho

Projeto Matriz: 7 a 9 setembro

Festa de Nossa Senhora Aparecida: 12 de outubro

 

 

Festival da Cachaça: 13, 14 e 15 de Novembro 

Festa Padroeira Nossa Senhora da Conceição: 8 dezembro

 

Contato: (31) 3868-1219 / 1222


Piscina de água quente

Colina da Paz

Mirante da Ferrugem

Cachoeira do Baú

Salão de Pedras

Pinturas Rupestres:
Localidade de Passa Cinco

Cachoeira de Três Barras
SETUR|
Rodovia Papa João Paulo II, 4.001  – Prédio Gerais,11º Andar - Bairro Serra Verde,CEP: 31.630-901 - BH, MG -
Telefones de contato
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades